Viagra – é realmente necessário?

Olá amigos, hoje venho com mais um assunto polêmico, dessa vez falarei sobre o viagra.

Viagra é o nome fantasia do medicamento Citrato de sildenafila usado no tratamento de impotência sexual do homem e usado no tratamento da hipertensão arterial pulmonar.

Por ser muito conhecido hoje em dia, muitos homens (inclusive jovens) estão tomando viagra para melhorar a libido, aumentar o pênis e ter uma erupção sexual maior. Mas, seu uso pode ter muitos efeitos colaterais e dependendo, pode ser até fatal a vida.

Como o viagra funciona?

ViagraO viagra funciona aumentando o fluxo de sangue para o pênis quando um homem experimenta a excitação sexual, contribuindo assim para alcançar e manter uma ereção.

O Viagra garante temporariamente que o processo funcione normalmente, geralmente por 6 h.

Isso faz com que as células musculares no pênis de um homem para relaxar o que aumenta o fluxo sanguíneo, aumentando assim a probabilidade de conseguir uma ereção.

No entanto, existem muito viagra natural que possuem o mesmo efeito do viagra e que não tem efeitos colaterais.

Viagras naturais

Como dito acima, existem muitos viagras naturais que tem o mesmo efeito do viagra, ou, até melhor. Mas com um detalhe: não possui efeitos colaterais, ou seja, não há riscos!

Como nutricionista, eu concordo que tudo que o corpo humano precisa está na alimentação. Por isso, quem deseja aumentar a libido, combater a impotência sexual e melhorar as ereções pode estar fazendo isso através de uma reeducação alimentar.

Existem diversos alimentos naturais que quando ingeridos estimulam o fluxo de sangue para todo o corpo, inclusive o pênis, melhorando em si o poder das ereções. Como também existem alimentos naturais que quando consumidos aumentam o apetite sexual.

Alimentos como aspargo, banana, pimenta, canela, folhas verdes, chocolate amargo, cacau, morango, melancia, ostras e amêndoas são ótimos quando o assunto é melhorar a potência e desempenho sexual.

Por esse motivo, o viagra não é a melhor opção para melhorar o sexo. Afinal, com uma alimentação adequada é possível ter melhores resultados do que o próprio viagra e sem correr riscos.

Vale lembrar que o consumo regularmente do viagra pode acarretar em problemas cardiovasculares e até mesmo problemas no cérebro.

O vídeo abaixo é de formato totalmente educativo e vale a pena assisti-lo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *